Nos anos 2000, aproximadamente, começou uma corrida para internet. Milhares de pessoas queriam ter um site para ganhar dinheiro. No entanto, não era tão simples. Existiam dois caminhos para criação de um site, a contratação de uma empresa, o que era muito caro, ou o aprendizado de programação.

O que são os CMSs? Como surgiram?

Estes dois fatores impossibilitavam que pessoas comuns conseguissem criar um negócio na internet. Foi aí que começaram a surgir plataformas que facilitavam a criação de sites. Em 1998 surgiu o Open Diary, que permitia que os visitantes comentassem nas postagens. Em 1999, vieram o Blogger e o LiveJournal, que revolucionaram a internet, permitindo que pessoas leigas, com alguns cliques, tivessem um bom site, ou pudessem publicar coisas na internet de forma simples.

Surgiu então o termo CMS, Content Management System, ou Sistema gerenciador de Conteúdos. Esse tipo de sistema visa possibilitar a publicação de fotos, textos, vídeos, links, em fim, conteúdos em geral, sem que o usuário tenha que mexer em uma linha de código se quer.

O que é o WordPress?

A partir daí, vieram centenas de CMSs, na qual podemos citar: Joomla, Drupal, TextPattern, Radiant. Dentre esses surgiu um que marcou a história da internet, o WordPress. Este cms não era como os outros, pois não só permitia a fácil publicação de conteúdo e criação de sites, mas possibilitava que programadores e desenvolvedores acrescentassem ferramentas e mexessem no código do site. Dessa maneira, o sistema se tornou totalmente personalizável. Se alguém precisa de alguma funcionalidade a mais no seu site, não necessita mais começar um site do zero, pode aproveitar todas as funcionalidades já existentes no wordpress, como painel de controle, senha e login, editor de textos, menus, apps, plugins, segurança, temas e templates.

O wordpress se tornou mais do que um simples CMS, se tornou uma API. Uma API nada mais é do que uma biblioteca onde, aprendendo como funciona, você pode utilizar suas funcionalidades a vontade. Atualmente existe o profissional que programa em WordPress, o wordpress developer. Ele se especializou nas funções wp e por isso pode criar de forma customizada, temas e plugins.

Com isso, já existem milhares de tipos de sites criados com worpdress: blogs, redes sociais, lojas virtuais, e outros sistemas específicos.

Porquê aprender wordpress?

Quase 28% dos sites que estão na internet utilizam o wordpress, isso equivale a aproximadamente 350 milhões de websites. Sites como BBC américa, Ford, Sony Playstation, Forbes, e outros milhares, utilizam o CMS. O WP oferece suporte para 72 idiomas, inclusive pt-br, mais de 47.000 plugins, que acrescentam funcionalidades ao website, além de milhares de temas/templates gratuitos.

Com tudo isso, fica evidente a importância do sistema para a internet atual. Portanto, aqueles que dominam a ferramenta, podem criar conteúdo para internet de forma profissional.

WordPress.com ou WordPress.org?

O sistema WordPress possui duas faces, a .org e a .com.

O wordpress.com é um site de criação de blogs, parecido com WIX e Blogger. Oferece uma hospedagem e um domínio grátis (exemplo.wordpress.com), alguns templates, e algumas ferramentas para customização. Se quiser pode até vincular um domínio próprio.

Contudo, o wordpress.com, para criação de blogs, é bem simplório, não oferecendo muitas opções de personalização. Mas pode ser uma ótima opção para quem quer um site grátis.

wordpress.org oferece seu sistema gratuitamente para que você baixe e instale em seu site, o mesmo sistema utilizado no wordpress.com, mas com várias funcionalidades a mais. Para isso, você terá que possuir uma hospedagem e um domínio. Assim, você fará a instalação do wordpress na sua hospedagem e terá um painel de controle incrível, segurança, atualizações e backup, todo tipo de configuração, milhares de temas e ferramentas a adicionar, dentre muitos outros. Além disso, para os programadores, o código é livre, podendo ser aproveitado nas funcionalidades que já existem e incrementado nas especificidades, se necessário.

Conclusão

Neste post a abordamos o conceito de CMS, o que é, porquê dominar a ferramenta, e a diferença entre wordpress.org e wordpress.com. Isto é útil para começar os estudos da ferramenta e de criação de blogs. Esperamos tê-lo ajudado. Esta é a aula introdutória de um curso completo gratuito de wordpress que desenvolvemos. Acesse a próxima aula do curso.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

WordPress - Sistema gerenciador de conteúdo

Quais as primeiras configurações após instalar WordPress?

Depois de instalado o wordpress, é importante a realização de algumas configurações. 1. Colocando Título e Subtítulo Acessando seu painel de administrador, você irá encontrar no menu do lado esquerdo a opção configurações > geral. Leia mais…

WordPress - Sistema gerenciador de conteúdo

Temas Pagos Baratos para Landing Pages, Hotsites, Infoprodutos

O processo de criação de um site WordPress conta com algumas etapas. No primeiro passo vemos a escolha do domínio, em seguida escolhemos uma boa hospedagem. Como desejamos um bom sistema para gerenciar o nosso Leia mais…

WordPress - Sistema gerenciador de conteúdo

Aprenda a fazer um blog de sucesso para ganhar dinheiro

Hoje, com a internet, milhares de pessoas tem a oportunidade de se manifestar, repassar seus conhecimentos, trocar informações, publicar posts, ficar conhecido por seus conhecimentos, e o principal se independizar financeiramente. O blog é a Leia mais…