Hoje, com a internet, milhares de pessoas tem a oportunidade de se manifestar, repassar seus conhecimentos, trocar informações, publicar posts, ficar conhecido por seus conhecimentos, e o principal se independizar financeiramente. O blog é a ferramenta em formato, principalmente, de texto, responsável por isso tudo. Veja o que há a respeito dessas ferramentas na internet. A significados.com.br disse:

O sucesso deste tipo de páginas da internet resultou muito da existência de modelos de páginas pré-definidos e da facilidade de inserção de conteúdos fornecidos por alguns sistemas de publicação. Esses sistemas são de utilização muito simples e dispensam o conhecimento de linguagens de publicação de páginas na internet — como html, por exemplo. Os sistemas mais populares são o Blogger e o WordPress.

Para que você tenha um blog incrível, assim como este que está lendo, prepraramos um passo a passo que irá lhe ensinar tudo a respeito de como ter um blog.

Acesse o menu acima para visualizar mais rapidamente cada passo. Caso deseje ver mais tarde essa página dê um Ctrl + D e adicione-a aos seus favoritos.

1° Passo: Escolhendo o domínio

A primeira coisa a se fazer no processo de construção de um blog/site é escolher um bom domínio. Essa etapa é muito importante, pois o domínio que escolher estará contigo até enquanto o projeto existir. Pense bem, pense em nomes que deixem claro do que se trata o negócio, ou então um brand name (nome de marca), pode ser uma boa opção também. Alguns exemplos de estilos de domínios que são bem utilizados, e que podem auxiliá-lo na sua escolha são:

NomeDePessoa.com → Blog pessoal/ Site de Artista – Ex: CarlosValentim.com.br

Este estilo de domínio é muito usado para blog pessoal ou então site de pessoas famosas. Geralmente quando não há disponibilidade, o domínio é acompanhado por “oficial”, “real”, por exemplo, BrunaSouzaOficial.com.br.

NomeDeMarca.com → Site Empresarial / Blog de Conteúdo – Ex: OLX.com

Os nomes de marcas, ou então brand names, são muito escolhidos para sites de empresas, uma vez que as mesmas já possuem uma marca consolidada, exemplo: dell.com, cocacola.com. Um domínio no estilo brand name é bom por geralmente estar disponível, já que foi inventado

NomeDeNicho.com → Blog de Nicho – Ex: ComoFazerRedacao.com

Os domínios com nomes de nichos são muito utilizados por pessoas que querem uma relevância maior no site. Dessa forma, os mecanismos de busca tendem a apresentar o site para o nicho escolhido, com um posicionamento melhor. Supomos que queira criar um blog que apareça no google quando digitado “Como fazer uma pintura”. Os blogs com o domínio específico para este termo terão mais relevância para os buscadores, e isto inclui o google, e portanto, podem ser melhor posicionados. No entanto, estes domínios de nichos são muito concorridos, se encontrar algum .com do seu nicho, compre logo. Agora, uma alternativa é adquirir domínios com extensões menos usadas, por exemplo:

  • .com
  • .com.br
  • .net
  • .net.br
  • .info
  • .online

Os domínios .com você encontra em qualquer empresa de revenda de domínios, uma muito conhecida é a godaddy, com algum cupom você consegue encontrar domínios por menos de 10 reais (a primeira anuidade). Lá você pode ver a disponibilidade do domínio e compra-lo caso disponível. Já os domínios .com.br (todos com extensão .br) você encontra no registro.br, que é o sistema que controla os registros de domínios brasileiros. Lá o preço da anuidade do domínio é 40 reais, no entanto, não costuma variar. 

2° Passo: Escolhendo uma Hospedagem

A hospedagem, como sugere o nome, hospeda o seu site em algum servidor. Servidores são computadores que ficam ligados a todo tempo. São eles que servem as páginas na internet. Quando alguém digita um domínio na url do seu firefox, essa informação vai pela sua rede de internet até chegar a um servidor, que processa seu pedido e devolve as informações. Todos os seus dados de facebook, gmail, google drive e, agora, seu site, ficam disponíveis em um servidor para que possam ser acessados a qualquer momento.

Um site precisa de um servidor para estar sempre online e disponível para seus visitantes. A empresa que optamos para hospedar o SpaceProgrammer.com é a Hostgator. Essa empresa é excepcional, serviço de muita qualidade, sistema amigável e simples, recomendamos. Veja os melhores serviços de hospedagens para seu site aqui.

3° Passo: Escolhendo um Sistema para Gerenciar o seu Conteúdo

Depois de escolhido e adquirido o plano de hospedagem e o domínio, é hora de escolher um CMS. Tirando os programadores e desenvolvedores de sistemas, as pessoas comuns, que não sabem programar, não querem ter que ficar mexendo no código do seu blog, para publicar um post, ou então, fazer alguma customização. Ai, para facilitar a vida de muitas pessoas, surgiram os softwares gerenciadores de conteúdos – CMSs. Dentre os CMSs mais famosos encontramos:

  • WordPress
  • Joomla
  • Drupal
  • Wix
  • Moodle

O WordPress não está em primeiro lugar a toa. O arrasta e solta do wix, pode até ser legal, mas é lento e pouco profissional. O joomla, Drupal e Moodle são Sistemas mais específicos, um é para educação, outro para ecommerce e assim vai. Mas o WordPress, é sim o melhor CMS que existe, e isto eu te afirmo com toda a certeza. Ele é simples mas ao mesmo tempo robusto, confiável, oferece segurança, praticidade e beleza. Com o wordpress, pode ser criado um lindo blog, um portal de notícias, um fórum, uma rede social, uma loja virtual, um sistema de ensino a distância… dentre outros. O SpaceProgrammer, por exemplo, é um site WordPress.

O WordPress oferece:

  • Painel de Controle completo com login e senha para Administrador;
  • Uma infinidade de Temas;
  • Milhares de Plugins para acrescentar funcionalidades ao site;
  • Personalização de cores, logo, rodapé, menus (Lateral, Principal…);
  • Publicação de Posts e páginas estáticas;
  • Criação de Formulários no blog (Formulário de Contato, login…);

E muito, mas muito mais.

Quase 80% dos sites de toda a internet utilizam o wordpress. Além de ser uma excelente opção para quem não sabe nada de código, também é uma excelente opção para os próprios programadores. Por ser open source, os desenvolvedores podem aproveitar de todas as funcionalidades do wordpress para criar um sistema próprio, que tenha funcionalidades muito específicas, que os plugins não possam suprir.

4° Passo: Configurando o domínio e a hospedagem do site

Depois de escolhido o domínio, a hospedagem e o CMS, pronto já temos tudo que precisava, agora basta fazer a instalação e as configurações.

Como exemplo vamos tomar o domínio como registro br e a hospedagem como Hostgator. Na sua hospedagem vá em servidores de nomes ou NameServers (NS). Geralmente possuem um mesmo formato, algo do tipo ns01.hostgator.com.brns02.hostgator.com.br, por exemplo. Dependendo da sua hospedagem vai variar um pouco, ns76.exemplo.com e ns77.exemplo.com. Geralmente você os encontra acessando o Cpanel ou painel de controle da sua hospedagem e indo em Informações gerais. No Cpanel, as informações gerais costumam ficar, descendo um pouco na parte principal, do lado direito da tela. Vai estar escrito NS Primário e NS secundário.

Depois de encontrado, copie os dois nomes que estão ali. No lugar onde você comprou o domínio terá uma opção de configuração de DNS. Nesta opção terá um campo chamado Master e/ou outros campos chamados Slaves, ou então somente “servidores de nomes” mesmo. Na Prática, iremos precisar sempre de dois campos. Se tiver Dois campos em branco nesta área de DNSs ótimo, você pode também clicar para adicionar campo, contanto que tenha no mínimo 2 está perfeito. Nesses campos coloque os nomes de domínios que você copiou lá na sua hospedagem. Clique para salvar e pronto, já vinculou o seu domínio a sua hospedagem. Não se preocupe se o site ainda não estiver no ar, afinal, não instalamos o wordpress, e muito menos um template.

Caso não tenha compreendido perfeitamente o tutorial acima, acesse nosso post com o passo a passo de como vincular o domínio à hospedagem, colocando o site no ar. Lá você verá imagens e um resumo excelente para lhe auxiliar no entendimento.

5° Passo: Instalando o WordPress

O próximo passo agora é instalar o WordPress na sua hosdagem. Existe um tutorial mais completo para instalação, com imagens, caso necessite. Portanto, acesse a sua hospedagem e vá em Cpanel. Esta etapa é bem simples. Vá na parte dos softwares, você irá encontrar o wordpress, joomla, moodle, e muitos outros. Clique em cima do WordPress.

Hora de Configurar como será instalado o wordpress. Coloque um usuário e senha (de preferência forte) de administrador, selecione a opção em português-BR, no diretório padrão deixe em branco, não se preocupe com Nome do Site e descrição, isso dá para configurar mais tarde, clique em instalar.

Espere a instalação finalizar e tente acessar o seu site. Provavelmente ainda não estará no ar. Isto acontece porque demora um certo tempo para a hospedagem se vincular ao domínio. Esse tempo pode variar entre 10min a 1h (senão mais), pode ser muito rápido mais também pode demorar um pouco. Aguarde no máximo 3h. Se nada acontecer, desinstale e instale novamente o wordpress, pode ser que tenha feito algo errado. Se isso não funcionar (o que geralmente não acontece) entre em contato com a sua hospedagem.

Instalado o wordpress, digite o seu domínio no navegador com “/admin” ou “/wp-admin” e coloque aquele usuário e senha que configurou na instalação. Depois de logado, já estará no painel de controle do WordPress (WP). Bem-vindo ao seu mais novo site WordPress. Veja o nosso artigo sobre bons cursos para aprender wordpress e domine essa incrível ferramenta para construção de sites e blogs.

6° Passo: Primeiras configurações no WordPress

O wordpress já vem com um tema padrão para seu blog, o que você pode fazer é instalar um outro tema, veja nossa postagem sobre os melhores temas para instalar no wordpress. Comece a mexer, você verá na barra a esquerda do painel de controle várias opções. Acesse a parte de posts, faça algumas publicações e veja como fica no site, vai editando. Você também pode instalar plugins no site. Existem plugins para aumentar a segurança, desempenho, Otimização nos mecanismos de busca, para edição de textos… dentre muitos outros. Veja nossa postagem sobre plug-ins essenciais após instalação do wordpress.

Algo bem legal também é começar a mexer no visual do site, titulo, logo, cores. Para isso, menu a esquerda, vá em aparência e depois em personalizar. Ali você terá várias opções para configurar o Nome do Site e a descrição, logo, ícone, fontes, cores, rodapé, imagem de fundo, posição de menus, página inicial do site, página de posts (blog do site). Essas opções dependem do tema. Escolha e instale um tema que lhe dê muitas opções de edição, mas se quiser algo a mais procure algum plugin que faça algo parecido. Por exemplo, colocar um Slide (Imagens passando na Home) no site, tem alguns temas que já possuem isso mas tem outros que não, no entanto alguns plugins te dão essa funcionalidade. Basta acessar a parte de plugins, em buscar coloque a palavra que deseja (em inglês), e veja algum plugin que lhe atenda e instale.

Outra coisa que você pode começar a fazer é publicar posts no wordpress. Ainda no painel de controle do administrador, acesse a parte de posts e clique em adicionar novo. Escreva algo e clique em publicar. Abra o site e veja como ficou. Você também pode publicar posts fantásticos instalando alguns plugins e modificando algumas configurações.

Conclusão

Este foi o artigo sobre como criar um blog perfeito e profissional. Para um próximo assunto deixamos uma abordagem maior de cada um dos passos acima. Esperamos ter ajudado. Se ainda ficou alguma dúvida, deixe nos comentários abaixo. Até a próxima.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

WordPress - Sistema gerenciador de conteúdo

Quais as primeiras configurações após instalar WordPress?

Depois de instalado o wordpress, é importante a realização de algumas configurações. 1. Colocando Título e Subtítulo Acessando seu painel de administrador, você irá encontrar no menu do lado esquerdo a opção configurações > geral. Leia mais…

WordPress - Sistema gerenciador de conteúdo

Para quê serve o CMS gratuito na criação de sites e blogs

Nos anos 2000, aproximadamente, começou uma corrida para internet. Milhares de pessoas queriam ter um site para ganhar dinheiro. No entanto, não era tão simples. Existiam dois caminhos para criação de um site, a contratação Leia mais…

WordPress - Sistema gerenciador de conteúdo

Temas Pagos Baratos para Landing Pages, Hotsites, Infoprodutos

O processo de criação de um site WordPress conta com algumas etapas. No primeiro passo vemos a escolha do domínio, em seguida escolhemos uma boa hospedagem. Como desejamos um bom sistema para gerenciar o nosso Leia mais…